Sumário Detalhado

1. Descrição
Este documento visa fornecer diversas informações relativas a empresa tais como, produtos, mercado, marketing, questões legais e dados da internet no Brasil.

2. Sumário Executivo

2.1. Negocio
O negócio da NutriWay é o da produção de softwares que efetuam análises nutricionais, através da composição dos alimentos e de gráficos auxiliares.

2.2. Descrição dos produtos
A NutriWay disponibilizou ao mercado, 2 programas voltados à plataforma Web e Telefonia Celular, que são os seguintes:

01) NutriCalorias - celular Contador de calorias e análises gráficas.
02) Quick - web Indica os alimentos com alto teor de carboidratos

Programas com lançamentos previstos:
01) NutriColesterol Indica os alimentos com altos níveis de colesterol
02) NutriCoração Para pessoas com problemas cardíacos
03) NutriGCS Controla a quantidade de Gordura, Colesterol e Sal
04) NutriGordura Controla a quantidade de Gordura
05) NutriHipertensão Para os portadores de hipertensão
06) NutriPeso Para pessoas com problema de obesidade
07) NutriPirâmide Para as pessoas que visam seguir a dieta da Pirâmide
08) NutriFibras Para as pessoas que necessitam ingestão especial de fibras.

2.3. Modus operandi:
Todos os programas possuem a mesma interface gráfica e operacional, ou seja, o usuário monta as suas refeições (café da manhã, lanche matinal, almoço, lanche da tarde, jantar e lanche noturno) a partir de uma relação de alimentos contidas em um banco de dados de aproximadamente 3.100 alimentos divididos em 22 grupos alimentares, sendo que cada programa possui controles pertinentes para cada doença. A cada refeição, o programa permitirá que os usuários monitorem os nutrientes em sua dieta via sua tela principal e através de um total de 15 gráficos como Análise Calórica, Gráfico dos Nutrientes, Análise dos Nutrientes, Calorias Necessárias, Calorias por Exercício, Gráfico do Colesterol, Índice de Massa Corpórea e Análise do Colesterol, podendo guardar ainda os Níveis de Açúcar no Sangue, Pressão Sanguínea, do Controle do Peso e da Dieta. Os controles efetuados nos programas seguem as recomendações da ADA (American Diabetes Association) e AHA (American Hearth Association).

2.4. O mercado

2.4.1. Mercado Alvo:
O mercado alvo da Nutriway é o “SAÚDE e ESTÉTICA”. O público alvo procura por produtos em versão diet e light e/ou produtos especiais a portadores de alguma restrição alimentar por questões de saúde e/ou estética. Também fazem parte deste universo, as pessoas com problemas psicológicos, ortopédicos (com hérnia de disco, por ex.), e orgânicos (como pedras do rim e vesícula).

2.4.2. Mercado brasileiro e sul-americano
A NutriWay visa atingir com seus softwares, todo o mercado brasileiro e mais adiante, o sul-americano. Para isto, pretendemos obter autorização do uso da Tabela de Alimentos da USP gerada pelo Departamento de Alimentos e Nutrição Experimental da Faculdade de Ciências Farmacêuticas da Universidade de São Paulo que fazem parte do projeto da FAO y LATINFOODS. Com a autorização de uso, poderemos traduzir nossos produtos e atingir todo o continente. Este projeto tem por meta, obter uma tabela que sirva de base para todo o continente sul-americano. Para maiores informações, acessar: " FAO / LATINFOODS. 2000. Tabla de Composición de Alimentos de América Latina. ( http://www.rlc.fao.org/es/nutricion/composi.htm )

2.4.3. Dados estatísticos
Com a população brasileira estimada em 2007, de aproximadamente 187 milhões, e uma prevalência estimada de aproximadamente 7,6%, teremos um total de 14 milhões e 212 mil diabéticos".
fonte: http://dtr2001.saude.gov.br/sas/cnhd/noticias/dia_mundial.htm

3. Missão e Visão

3.1. Missão da Empresa
É a de produzir softwares conceituados e de qualidade voltados ao mercado nutricional brasileiro e sul-americano.

3.2. Visão da Empresa
Ser reconhecida como uma empresa inovadora na produção e comercialização de softwares e serviços.

4. Descrição da Empresa

4.1. Descrição da Empresa
A empresa NUTRIWAY Software, Solutions & Design – foi criada em 1993 para prestar serviços na área de tecnologia. A partir de 1998, acrescentou as suas atividades a produção de softwares. A NUTRIWAY pretende atender as necessidades dos usuários de internet que necessitem de ferramentas que os auxiliem na escolha dos alimentos que venham de encontro as suas necessidades nutricionais.

4.2. Produtos
A NUTRIWAY desenvolveu 10 softwares de controle nutricional a serem comercializados em regime de ALUGUEL de SOFTWARE via web e telefonia celular.

5. Produtos e Serviços

5.1 Principais características
A NUTRIWAY pretende atender as necessidades dos usuários de internet e celular que necessitem de uma ferramenta que os auxilie na escolha dos alimentos que venham de encontro as suas necessidades nutricionais e que os auxilie na totalização diária dos nutrientes.

5.2 Vantagens dos produtos e serviços
Os nossos produtos estarão na plataforma web e telefonia celular. O usuário poderá acessar o programa de qualquer lugar do planeta. São dez produtos que visam atender as diversas necessidades dos clientes que procuram por ferramentas de auxílio nutricional. Caso necessite, o usuário poderá pedir transferência de um produto para outro. Exemplo de alguém que estava controlando somente as calorias e que agora deseja controlar seu nível de colesterol.

5.3 Características próprias
Os softwares possuem uma interface amigável onde o usuário, a todo instante, pode verificar os valores dos principais nutrientes de cada alimento antes de passá-lo para a sua refeição, sendo que o programa controla até 6 refeições diárias. A cada momento, o usuário verifica os totais da refeição, totais do dia e gráficos que mostram se suas necessidades nutricionais se enquadram nos Valores Diários Recomendados.

5.4. Tecnologia

5.4.1. Descrição da tecnologia utilizada
Os softwares da NutriWay foram desenvolvidos utilizando tecnologia Java, JavaBeans, JSP, Javascript, AJAX e SQL e ANDROID. Todos os programas rodam nesta plataforma. Ou seja, é um conjunto de ferramentas que, juntas, oferecem ao desenvolvedor uma plataforma de alta qualidade para aplicações WEB e Open Source.

5.5. Grau de Inovação
A inovação, reside no fato de os softwares estarem no regime de "ALUGUEL de SOFTWARE" e por serem produtos voltados aos usuários/clientes e não nutricionistas ou clínicas médicas.

6. Marketing

6.1. Que problema ou necessidade o produto visa auxiliar?
Nossos softwares são voltados àquelas pessoas que necessitam obter informações corretas sobre os valores nutricionais dos alimentos a fim de efetuar um controle exato sobre os valores e quantidades nutricionais ingeridas durante o dia, sejam estes controles de ordem nutricional, estética ou física/orgânica.

6.2. Qual o mercado em que a empresa está inserida?
O mercado alvo da Nutriway é o de produtos diet e light, produtos especiais a portadores de alguma restrição alimentar por questões de saúde e/ou estética. Também fazem parte deste universo, as pessoas com problemas psicológicos, ortopédicos, e orgânicos.

6.3. Descrição do mercado (histórico, estrutura, perfil)
Este segmento vem crescendo a 30% ao ano (fonte: “Latin Event Feiras e Congressos / BF Three Congressos”) e cada vez mais pessoas têm buscado o consumo de produtos menos calóricos, por cuidados com a saúde e/ou estética. O mundo está cada vez mais gordo. Paradoxalmente aos assustadores indicadores de fome e miséria nos países subdesenvolvidos, o número de obesos só cresce, assim como as doenças associadas ao excesso de gordura – diabetes, hipertensão, problemas cardíacos, etc. O fenômeno é típico da sociedade contemporânea, onde imperam os maus hábitos alimentares, o sedentarismo, a filosofia do mínimo esforço – é muito mais fácil ir a um fast-food do que esquentar a barriga (grande) no fogão. Por outro lado, a vaidade também é uma força poderosa, e o culto ao corpo sadio e bonito obrigatoriamente passa pela alimentação. Os produtos da NutriWay vão de encontro a estas necessidades.

6.4. Tamanho do mercado (Brasil) Temos hoje, um total de 102.3 milhões de internautas (**) e os seguintes números de usuários de internet com problemas relacionados à obesidade:

-- 102.3 Milhões * 51% = 52 milhões de internautas com problemas de sobrepeso, um número enorme de pessoas carentes de ferramentas como as nossas, que visam auxiliar as pessoas a efetuar um controle das necessidades nutricionais diárias.

Os demais softwares, Calorias, Colesterol, Coração, Gorduras&Calorias e Sal, Gordura, Peso, Pirâmide e Fibras, se encaixam nas necessidades das pessoas na procura de soluções voltadas a produtos menos calóricos, por cuidados com a saúde e/ou estética, mercado este que gira em torno de 50 % da população brasileira (média de pessoas com algum problema associado à obesidade, colesterol e hipertensão), o que dá uma total aproximado de 27.5 milhões de internautas com problemas de sobrepeso, - conforme dados da pesquisa encomendada pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica (SBCBM) (*) à Toledo e Associados, estudo que foi realizado em 2.179 residências de diversos municípios espalhados pelo País e divulgados no IX Congresso de Cirurgia Bariátrica, em Curitiba.

6.5. Evolução do mercado (novas tecnologias, crescimento)
A Qualidade de Vida será, provavelmente, uma das principais condicionantes do comportamento do consumidor no novo milênio. Esse consumidor buscará uma alimentação equilibrada e saudável e deverá ser mais exigente, mais crítico, mais informado e mais consciente dos seus direitos. Em lugar de imposição, esse consumidor buscará o diálogo e soluções que venham de encontro as suas necessidades (fonte: Nutrinews Novembro 99-Mercado Foodservice). Isto em um mercado que vem crescendo a 30% ao ano.Outro dado significativo: O número de possíveis usuários cresce de acordo com o número de novos internautas.

6.6. Mercado potencial
Nossos produtos se destinam às pessoas que possuam problemas nutricionais - associados à obesidade, colesterol, hipertensão ou qualquer desordem que tem o controle alimentar como principal ponto de tratamento) e a estética. Após o plano Real, uma parte considerável da população teve acesso a diversos alimentos que antes não tinham condição (carne bovina, frangos, etc.) e outra camada, elevou seus gastos com comida (maiores gastos em restaurante, bares, etc.) e isto gerou um problema nutricional no Brasil. Surgiram as pessoas com sintomas de obesidade. 

6.7. Estágio do mercado (crescimento, estável, queda)
As fontes existentes, indicam que este mercado - diet e light, produtos especiais a portadores de alguma restrição alimentar por questões de saúde e/ou estética, vem crescendo 30% ao ano, permanece estável e não tem previsão de queda.

6.8. Dados da Internet no Brasil

6.8.1. Percentuais dos brasileiros que acessam a internet
O número de internautas residenciais ativos no Brasil atingiu a inédita marca total de
102.3 milhões de usuários Segundo "Relatório do IBOPE em Agosto de 2013".

7. Notas Anexas

7.1 Percentuais de pessoas na população que são acometidas pelas diversas doenças
Levantamos o número de internautas no Brasil, e os percentuais de pessoas na população que são acometidas pelas diversas doenças. No caso de pessoas com algum problema de peso, teríamos que pegar o número total de internautas/alvo  54 milhões), obter 50% deste total – que é o percentual de pessoas com problemas relativos a peso segundo o item 6.8.1, e chegaríamos ao total de  27 milhões  de usuários com problemas relativos a obesidade.

7.2. Número aproximado de usuários alvo
Somando os totais de todos os softwares, chegaremos a um número aproximado de 27 milhões internautas com algum tipo de desordem e que necessitam de um efetivo controle alimentar.

7.3. Dados adicionais:
Estes números não levam em conta, todo o universo de pessoas que procurariam nossos softwares por alguma necessidade estética. Também não fazem parte destes números, as pessoas com problemas associados a obesidade como, psicológicos, ortopédicos (com hérnia de disco), e orgânicos (como pedras do rim e vesícula). Até mesmo alguns tipos de câncer estão associados à obesidade. O de cólon, por exemplo, é mais freqüente em obesos. Estes dados fazem com que o número de possíveis usuários ultrapasse estes percentuais.

8. Questões Legais / Direitos Autorais e Proteção

8.1. Questões Legais
Sancionada no dia 19 de fevereiro de 1998, a Lei 9.609/98, que regula os direitos autorais sobre programas de computador, veio substituir a Lei 7646/87, trazendo diversas implicações para as atividades das empresas de nformática e em suas relações com os clientes. O regime atualmente vigente no país na área de software é o da liberdade total de produção, distribuição e importação, observadas as regras aduaneiras gerais.

8.2. Direitos Autorais
A Lei 9.609/98 confirmou que a forma de proteção jurídica conferida aos programas de computador é a do Direito Autoral, ou seja, a mesma que abriga as obras literárias, artísticas e musicais. Não por coincidência, a antiga Lei 5988/73, que regulava a matéria, foi revogada no mesmo dia em que foi publicada a Nova Lei do Software e substituída pela Lei 9.610/98. Os efeitos são os seguintes:

8.2.1. Forma de proteção
A proteção não envolve a exclusividade da idéia em si ou utilidade de um programa, mas apenas a sua forma de expressão. Deste modo, se um programador desenvolver um inusitado sistema para calcular a curvatura da banana não poderá impedir que outros nerds como ele desenvolvam outros programas para a mesma finalidade, assim como 50 cineastas podem também filmar 50 diferentes versões sobre o naufrágio do Titanic. O que é protegido é apenas a forma escrita, ou seja, o código-fonte. Esta lei continua informando que não é violação de direito autoral a ocorrência de semelhanças entre um programa e outro por força de suas características funcionais ou observância de normas técnicas, que fazem com que, por exemplo, as telas e relatórios de todos os programas de contabilidade sejam muito parecidas (a forma de apresentação dos balanços é estabelecida em normas técnicas). Dois programas podem realizar funções idênticas e terem até telas iguais, mas é totalmente impossível que dois programadores escrevam dois códigos-fonte idênticos ou muito semelhantes, ainda que para lograr o mesmo efeito, sem que um copie do outro. Seria como se outro advogado fosse escrever sobre a Nova Lei do Software e, por pura coincidência, utilizasse exatamente as mesmas 5.045 palavras que você vê neste trabalho, ainda que suas conclusões pudessem ser essencialmente as mesmas. Vale, então, dizer: não é porque um programa destine-se a uma função que não tenha como ser expressa de forma diversa que ele possa ser copiado livremente. Podem ser copiados, como quaisquer outros, as telas, os relatórios, as idéias que possa conter, mas jamais o código-fonte.

8.2.2. Direitos morais
O profissional, se quiser, pode identificar-se publicamente como autor ou co-autor de um produto (por exemplo, mencionando esta circunstância em seu currículo), bem como impedir que este sofra alterações que possam, de alguma forma, ofender a sua reputação.

8.2.3. Prazo de proteção
Antes era de 25 anos e agora passou a ser de 50 anos, contados a partir do dia primeiro de janeiro do ano seguinte ao da publicação ou início da comercialização do produto. Se este não for comercializado ou divulgado publicamente, como por exemplo, no caso de programas desenvolvidos como ferramenta de uso interno das empresas, o prazo passa a ser contado da data em que for comprovado o término da criação.

8.2.4. Empregados e prestadores de serviços
Continuam valendo as regras anteriores: programas desenvolvidos por empregados contratados especificamente para esta função (programadores e analistas, portanto), presumem-se de propriedade total da empresa, salvo contrato por escrito indicando em contrário. O mesmo vale para autônomos ou empresas prestadoras de serviços de desenvolvimento para terceiros: se não houver ressalva por escrito em contrário, todos os direitos são do cliente.

8.2.5. Derivações e modificações
Para modificar um software já existente ou para criar novas funções ou rotinas para o mesmo, agora é necessária autorização expressa do autor do programa original, disposição que não era clara na lei antiga.

8.3. Questões Legais/fonte:
Nova Lei do Software
RENATO DA VEIGA
Advogado especialista em Informática
Renato da Veiga & Consultores Associados S/C Ltda. Reprodução autorizada, desde que mantida a integridade das informações e citada a fonte.

9. Quanto à parte tecnológica A empresa terá de esforçar-se continuamente, em acompanhar as inovações e variações tecnológicas para evitar a obsolescência técnica ou de equipamentos.

10. Dados da Internet Brasileira:
Os dados foram obtidos do Relatório "Março / 2009 - A EVOLUÇÃO DA INTERNET NO BRASIL - TIC DOMICÍLIOS 2008" Pesquisa sobre o Uso das Tecnologias da Informação e da Comunicação no Brasil -  do  Comitê Gestor da Internet no Brasil - que tem entre suas atribuições, coletar e disseminar informações sobre os serviços Internet.